Marte

Fotografia: NASA JPL

Fotografia: NASA JPL

Factos e Números

Descoberto por: conhecido desde os nossos antepassados
Data da descoberta: desconhece-se
Distância ao Sol: 206 600 000 km (periélio) – 249 200 000 km (afélio)
Comparação com a Terra: 147 100 000 km (periélio) – 152 100 000 km (afélio)
Diâmetro: 6 794 km
Comparação com a Terra: 12 756,28 km
Circunferência equatorial: 21 344 km
Comparação com a Terra: 40 075 km
Volume: 163 140 000 000 km3
Comparação com a Terra: 1 083 200 000 000 km3
Massa: 641 850 000 000 000 000 000 000 kg
Comparação com a Terra: 5 973 700 000 000 000 000 000 000 kg
Densidade: 3,94 g/cm3
Comparação com a Terra: 5,515 g/cm3
Área da superfície: 144 100 000 km2
Comparação com a Terra: 510 065 700 km2
Velocidade Orbital: 86 871 km/h
Comparação com a Terra: 107 229 km/h
Duração do dia: 1,026 dias terrestres (24,64 horas)
Duração do ano: 1,8807 anos terrestres (686,93 dias)
Circunferência orbital: 1 366 900 000 km
Comparação com a Terra: 924 375 700 km
Temperatura à superfície: -87ºC / 5ºC
Comparação com a Terra: -88ºC / 58ºC
Gravidade à superfície: 3,693 m/s2
Comparação com a Terra: 45 kg na Terra = 17 kg em Marte
Luas: 2
Comparação com a Terra: 1

Marte faz parte do imaginário do passado, do presente e do futuro. O planeta que se pensava conter vida e rios de água, sabe-se hoje que pelo menos água liquida já teve mesmo, e imagina-se um futuro onde se criam condições de habitação para seres humanos. Não se coloca de parte a hipótese de já ter contido vida.

O planeta vermelho é parecido com a Terra nalguns aspectos. Os dias duram pouco mais de 24h, tem estações do ano, calotas polares, actividade vulcânica, sísmica e leitos de rios. As temperaturas mais baixas não superam as mais baixas da Terra, ainda que em Marte não superem os 5ºC.

Marte tem outras particularidades que o tornam único no Sistema Solar: possui o maior vulcão (Monte Olympo, maior que a Inglaterra e 3 vezes mais alto que o Monte Evereste) e o maior desfiladeiro (Vales Mariner, 10 vezes mais longo que o Grand Canyon e com penhascos de 6km de altura), isto num planeta com pouco mais de metade do diâmetro da Terra.

Fruto de dezenas de missões espaciais, Marte é o planeta mais conhecido e estudado do Sistema Solar. Já aterraram nele alguns robots que tiraram milhares de fotografias a partir do solo, com um nível de detalhe sem precedentes.

Observar Marte

Fotografia: António Cidadão

Fotografia: António Cidadão

Quando visível do teu local de observação, Marte é uma “estrela” facilmente identificável pela sua cor avermelhada e, quando está mais próximo da Terra, pelo seu brilho intenso.

Uns bons binóculos são capazes de te mostrar a forma do globo, enquanto que uns binóculos bastante potentes podem inclusive mostrar as calotas polares do planeta.

Através de um telescópio, a visão sobre Marte melhora bastante como sería de esperar, ainda que nem todas as épocas do ano sejam boas para observar. Um telescópio é capaz de mostrar as calotas polares com maior detalhe, bem como as zonas mais escuras da superfície, sendo possível acompanhares a rotação do planeta sobre o seu eixo.